segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

ENRIQUEÇA SEU VOCABULÁRIO - 6ª EDIÇÃO

NOTA DO EDITOR:  "Familia que resa unida permanece unida"! Os filhos de hoje são evoluídos. Estão na era da informática, do namoro virtual e passam tanto tempo na internet que esquecem das brincadeiras  de rua, tais como: badogue, barco de papel, bola de gude, empinar papagaio, mocinho e bandido,  mosquetinho,  patinete de rolimãs, pau de sebo, picula de salvar e Yoyô. Já não se reunem mais com seus pais em frente à TV como faziam antigamente.Seus passos são outros, seus programas são outros e nunca têm tempo para se reunir com a familia, e perdem o melhor de suas vidas - o aconchego do lar!. Vamos insistir na harmonia, compreensão e na re-educação dos jovens,  para resgatar a paz o respeito e o valor humano..  Incentivem seus filhos a pesquisar no dicionário  as palavras abaixo relacionadas.  

video
FAMILIA UNIDA TOMBA UNIDA


As palavras abaixo foram buscadas na obra-prima de W.Campos de  Carvalho (1916-1998). O púcaro búlgaro, um livro surreal que faz rir e pensar. Veja se você identifica o respectivo significado.  Por Ricardo Salles.

01. AMUADO  adj. -
A:  sem carater
B:  apressado
C:  mal-humorado

02. ANTÍPODE  adj. 2 gên. -
A:  que está diametralmente oposto
B:  que está escurecido
C:  que está iluminado

03. AZADO  adj. -
A:  que não convém
B:  oportuno
C:  que não se esquece

04. BUQUE s.m. -
A:  tipo de peixe
B:  tipo de anzol
C:  barco de pesca


                   video
                                                  GREGORY PECK - "MOBY DICK"



05. CÍRIO  s.m -
A:  vela grande de cera
B:  cortejo fúnebre
C:  sermão muito longo

06. CRÁPULA  adj. 2 gên. e s.2 gên. -
A:  pessoa de rara beleza
B:  pessoa muito feia
C:  pessoa sem escrúpulo.

07. EPICÉDIO  s.m. -
A:  dança indígena
B:  hino fúnebre
C:  canção de ninar

08. FRAGATA  s.f. -
A:  navio
B:  tipo de canhão
C:  tipo de lança

09. IANQUE  adj. 2 gên. -
A:  relativo à França
B:  relativo à Inglaterra
C:  relativo aos EUA.


video
IANQUES - EUA


10. ILIBADO  adj. -
A:  muito sujo
B:  sem mácula
C:  que não tem bom cheiro

11.  MIRÍFICO  adj. -
A:  que causa medo
B:  que causa nojo
C:  o mesmo que maravilhoso

12. PÚCARO  s.m. -
A:  pequeno vaso
B:  o mesmo que garrafão
C:  muito cruel

13.  PULCRO  adj. -
A:  muito falante
B:  o mesmo que bonito
C:  muito cruel

14.  VETUSTO  adj. -
A:  muito antigo
B:  novíssimo
C:  sem pelos

15. VOLAPUQUE  s.m. -
A:  língua falada po norte da Bulgária
B:  idioma oficial da Moldávia
C:  lingua criada para facilitar o entendimento dos povos

video
VOLAPUQUE - "LINGUA UNIVERSAL"
                                                                                


domingo, 27 de fevereiro de 2011

DOMINGÃO: 27.02.2011 - 8ª EDIÇÃO - "CARNAVAL-ASBAC"

ORDEM DE CHEGADA: Silvio, Otavio, Vinicius, Carlos, Mota, Odair, Veviton, Ernesto, Renê,Vadinho  Pains, Bartolinha, Serrinha, Clone, Painho, Chiquinho, Marco,Totó e Vieira,Toinho Abreu, Carlinhos,Paulo  Huck.  Diretoria: Getulio, Jaime, Painho e Rivelino.,

Primeiro Jogo:
TIME DE OTAVIO:  Serrinha-gol., Renê, Odair, Neviton., Otavio, Vadinho e Vinicius.
TIME DE ERNESTO:  Rô-gol., Bartola, Mota, Silvio, Pains, Ernesto e Carlos
PLACAR ESPORTIVO:   Otavio  04x03 Ernesto
GOLS DO TIME DE OTAVIO:  Otavio 02  e  Vadinho 02
GOLS DO TIME DE ERNESTO:-  Ernesto 01  -  Pains 01  e  Silvio 01

Segundo Jogo:
TIME DE OTAVIO:  Rô-gol.,  Renê, Odair, Neviton, Otavio, Vadinho e Vinicius (Careca).
TIME DE SERRINHA:  Vieira-gol., Totó, Chiquinho, Cachoeira, Marco, Serrinha e Clone.
PLACAR DA PARTIDA  Otavio   06x01  Serrinha
GOLS DO TIME DE OTAVIO:  Otavio 02  -  Vadinho 02  -  Careca 01   e  Neviton 0l.
GOLS DO TIME DE SERRINHA:    Clone 01

Terceiro Jogo:
TIME DE ERNESTO:   Rô-gol., Chiquinho, Silvio, Mota, Pains, Careca e Ernesto.
TIME DE SERRINHA:  Cachoeira-gol.,  Chiquinho, Vieira, Totó, Serrinha, Clone e Carlos.
PLACAR DA PARTIDA:  Ernesto  02x01  Serrinha.
GOLS DO TIME DE ERNESTO:  Ernesto 01  -  Silvio 01
GOLS DO TIME DE SERRINHA:  Serrinha 01

RESENHA FINAL: O campo oficial está em reforma desde Dezembro/2010. Enquanto isso, os jogos são realizados no campo de grama sintética.Um goleiro e mais seis jogadores para cada time.Porisso, registra-se
essa quantidade de jogos. O comandante invicto de hoje é Otavio, que venceu as duas primeiras partidas e
saiu de campo para entrar a equipe de Ernesto, que venceu a terceira partida, deixando a lanterninha para o  time de Serrinha, que nao venceu nenhuma partida hoje!.-
TEMA DO DIA-  Grandes bailes de carnaval -  A Asbac-Salvador,está promovendo hoje, grande carnaval, resgatando a história dos melhores bailes de carnaval de clubes em todo Brasil. A banda "Para o ano sai mió",  está tocando na Asbac,  é empresariada por Osvaldo Mattos, o popular  Vadinho - e está fazendo grande sucesso neste domingo de carnaval. Aproveitando o embalo, o vencedor Otavio pediu a musica "Mascara Negra" de Ze Kette. Quanto a Ernesto, deixou a musica por conta do Blog do Painho. Dedicamos a Ernesto,  as mais belas marchas que fizeram sucesso nos antigos carnavais!.

Música solicitada pelo vencedor:
Luiz Otavio Souza Costa
video
ZE KETTE - MASCARA NEGRA
                                                
Música dedicada ao vencedor:
Ernesto Santana dos Reis
video
ETERNAS MARCHINHAS DE CARNAVAL

sábado, 26 de fevereiro de 2011

AS MELHORES CANTORAS DO BRASIL - CARMEM COSTA

CARMEM COSTA: Seu nome de batismo é Carmelita Madriaga Koethier ( 07.07.1920 a 25.04.2007). Foi uma excepcional cantora da era do rádio. Colega e muito querida das cantoras:  Adelaide Chiozzo,   Ademilde Fonseca, Alaide Costa, Ângela Maria, Aurora Miranda,  Carmélia Alves, Carmem Miranda,Dalva de Oliveira,  Dircinha Batista,  Ellen de Lima, Elizete Cardoso, Emilinha Borba, Enezita Barrroso, Linda Batista, Irms Galvao, one (que declara ser tiete da cantora Carmem) e tantas Outras que conviveram com a


Cármen CostaOrigem:
Carmen Costa

Informação geral

Nome completo Carmelita Madriaga Koethier

Nascimento 5 de julho de 1920

Origem Trajano de Moraes, RJ

País Brasil

Data de morte 25 de abril de 2007

Gêneros MPB

Período em atividade 1938-2007

Gravadora(s) Odeon, Columbia, RCA Victor, Star, Discos Copacabana, Som Livre, EMI

Carmelita Madriaga, conhecida como Carmen Costa, (Trajano de Moraes, 5 de janeiro de 1920 — Rio de Janeiro, 25 de abril de 2007) foi uma cantora e compositora brasileira.

Nascida no interior, aos 15 anos ela trabalhava na cidade do Rio de Janeiro como empregada doméstica do cantor Francisco Alves. Numa festa ele a fez cantar para os convidados, entre eles Carmen Miranda, e a incentivou a iniciar uma carreira.

Se apresentou como caloura no programa de rádio de Ary Barroso, saindo-se vencedora. Passou a cantar profissionalmente e a fazer dupla com o cantor e compositor Henricão.

Seu primeiro sucesso foi Está chegando a hora, versão da canção mexicana Cielito Lindo, nos anos 40. Em 1945, casou-se com o americano Hans Van Koehler e foi viver com ele nos Estados Unidos. Passou uma temporada em Los Angeles e, em Nova York, esteve no concerto histórico no Carnegie Hall, que marcou a bossa nova nos Estados Unidos, em 1962.

Nos anos 50 voltou ao Brasil, quando conheceu o compositor Mirabeu Pinheiro, com quem viveu um romance por cinco anos e com quem teve sua única filha, Silésia. Juntos tiveram sucessos como Cachaça não é água (quando foram acusados de plágio) e Obsessão.

Desta mesma época foi o samba-canção de Ricardo Galeno Eu sou a outra ("ele é casado/eu sou a outra na vida dele…"), que retratava uma situação que a própria Carmen vivia e, anos depois, assumia.

Foi homenageada no programa "MPB Especial", da TV Cultura de São Paulo, gravado em 1972, no qual a artista carioca interpretou canções de grande sucesso. Entre o repertório, "Está Chegando a Hora", de Rubens Campos; "Só vendo que Beleza" e "Casinha da Marambaia", de Rubens Campos e Henricão; "Xamego", de Luiz Gonzaga; "Polêmica", de Ataulfo Alves; e "Cachaça Não é Água Não", de Mirabeau.

Com Paulo Marquez, gravou um belo LP "A Música de Paulo Vanzolini", de 1974.

Suas última gravação foi com o cantor Elymar Santos, de quem era convidada especial em alguns shows.

A cantora também participou de vários filmes, como "Pra Lá de Boa" (1949), "Carnaval em Marte" (1955), "Depois Eu Conto" (1956) e "Vou Te Contá" (1958).

Em 2003, a Câmara Municipal do Rio de Janeiro tinha aprovado um projeto de iniciativa do Museu da República e foi "tombada" patrimônio cultural do Brasil[1]. Para a ocasião, compôs a música "Tombamento", que cantou para o ministro da Cultura, Gilberto Gil ("Eu sou a raça/ Sou mistura/ Sou aquela criatura/ Que o tempo vai tombar").

Em 02 de junho de 2004, no Rio de Janeiro/RJ, participou da reinauguração da Rádio Nacional, emissora líder de audiência nas décadas de 40 e 50. Na ocasião, houve o encontro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com as "cantoras do rádio", geração de artistas reveladas na Rádio Nacional. Lula definiu o encontro de “saudosismo gostoso” e subiu ao palco do auditório da Nacional para abraçar e beijar Emilinha Borba, 80, Marlene, 79, Carmen Costa, 84, Ademilde Fonseca, 83, Adelaide Chiozzo, 73, e Carmélia Alves, 81.

Morreu no Hospital Lourenço Jorge, no Rio de Janeiro/RJ, aos 87 anos, depois de alguns dias internada. Teve insuficiência renal e parada cardíaca às 6h do dia 25 de abril de 2007.

Fonte: O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo.

DiscografiaOnde está o dinheiro?/Não dou motivo (1939) Odeon 78

Dance mais um bocado/Não quero conselho (1940) Columbia 78

Chamêgo (1940) - De Luiz Gonzaga

video
CARMEM COSTA - "CHAMÊGO"


Eu sambo meu nego/Não posso viver sem você (1941) Columbia 78

Está chegando a hora/Só vendo que beleza (1942) Odeon 78

Depois que ela partiu(Com Henricão)/Formosa morena (1942) Odeon 78

Carmilito/Festa na roça (1942) Victor 78

Caramba/A festa é boa (1943) Victor 78

A coisa melhorou/Já é de madrugada (1943) Victor 78

Estrela D'Alva (1943) Victor 78

Quero ver-te uma vez mais/Velho realejo (1943) Victor 78

Chorei de dor/Não me abandone (1944) Victor 78

Madalena/Não há (1944) Victor 78

Chamego/Casinha da Marambaia (1944) Victor 78

Garota esportiva/A mulher do Lino (1944) Victor 78

Outro céu/Manduca (1944) Victor 78

Sarapaté/Ciúme (1945) Victor 78

E não tarda a amanhecer/Bilu-bilu (1945) Victor 78

No lesco lesco/Não posso aceitar (1945) Victor 78

Siga seu destino/Meu barraco (1946) Victor 78

Sonhei que estava em Pernambuco (1949) Star 78

Dona Juliana/Chiquinha (1949) Star 78

Se é pecado eu não sei/Cetim para as baianas (1951) Star 78

Busto calado/Coco duro (1952) Star 78

Tô te esperando/Quando chega a noite (1952) Star 78

Não me deixe/Tô te esperando (1952) Star 78

Cachaça (Com Colé) (1952) Copacabana 78

video
CARMEM COSTA - "CACHAÇA"


Defesa/Resposta (1953) Copacabana 78.

Maria Pé de Boi/Batendo pé (1953) Copacabana 78

Eu sou a outra/Não pode mexer (1953) Copacabana 78

Tranca rua/Mais tempero (1954) Copacabana 78

Tio biruta/Mexerica (1954) Copacabana 78

Canção da alma/Quase (1954) Copacabana 78

video
CARMEM COSTA - "QUASE"
                                                          

Não é só vestir saia/Manchetes de jornal (1954) Copacabana 78

Busto calado/Coco duro (1954) Copacabana 78

Sacode a lapela/Operário (1955) Copacabana 78

Tem nego bebo aí/Até amanhã (1955) Copacabana 78

Gente cega/Reencontro (1955) Copacabana 78

Presidiário/Se você me quer bem (1955) Copacabana 78

Sei de tudo/ Obsessão (1955) Copacabana 78

video
CARMEM COSTA - "OBSESSÃO"


Começo de vida/A morena sou eu (1955) Copacabana 78

Drama da favela/Acacamauê (1956) Copacabana 78

Na paz de Deus/Deixa o cabrito berrar (1956) Copacabana 78

Amor barato/Se eu fosse contar (1956) Copacabana 78

Don Charles/Só você (1956) Copacabana 78

Jarro da saudade/Está bem (1956) Copacabana 78

Gato escaldado/Nem só de pão (1957) Copacabana 78

Jarro da saudade (1957) Copacabana 78

Facundo/Drama de amor (1957) Copacabana 78

Cai sereno/Palácio improvisado (1957) Copacabana 78

Carmen Costa nº 2 (1957) Copacabana LP

Indecisão/Como eu chorei (1958) Copacabana 78

Lágrimas de sangue/Augusto Calheiros (1958) RCA Victor 78

Aquela noite/Está chegando a hora (1959) RCA Victor 78

video
CARMEM COSTA - "ESTÁ CHEGANDO A HORA"


Se eu morrer amanhã/Cretcheu (Amor) (1961) RCA Victor 78

Marcha do cordão da Bola Preta/Se eu morrer amanhã (1961) RCA Victor 78

Eu sou a outra/Quase (1963) Copacabana 78

video
CARMEM COSTA - "EU SOU A OUTRA"


Ensinando a bossa nova/Melancolia (1963) Copacabana 78

O samba no Brasil/Tem bobo pra tudo (1963) RCA Victor 78

Não fique triste/Mal que faz bem (1964) Copacabana 78

Embaixatriz do samba (1964) Copacabana LP

Ziriguidum no Sambão (1971) RCA Candem LP

Trinta anos depois (1973) RCA Victor LP

A Música de Paulo Vanzolini - Carmen Costa e Paulo Marques (1974) Discos Marcus Pereira LP

Carmen Costa (1980) Continental LP

Agnaldo Timóteo & Carmen Costa - Na Galeria do amor (1981) EMI/Odeon LP

Benditos, Hinos e Ladainhas (1983) Alvorada/Continental LP

Tantos caminhos (1996) Som Livre CD

Bis Cantores do Rádio - Carmen Costa (2000) EMI CD

[editar] Ver tambémLista de cantores do Brasil

Choro

Samba

Referências1.↑ Página da ClickMusic Editora

Este artigo sobre um cantor ou cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Portal da música

CARNEM COSTA:

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

COISAS QUE SÓ ACONTECEM NA BAHIA

COISAS QUE SÓ ACONTENCEM NA BAHIA:  A Bahia é o bêrço da civilização brasileira. Foi em terras baianas que as caravelas Santa Maria, Pinta e Nina ancoraram em Porto Seguro, onde avistaram um monte e deram-lhe o nome de "Monte Pascoal", em 22.04.1500. Porisso essa mistura de raças, de credo e de costumes. E as coisas inusitadas só acontecem na Bahia!... Colaboração do amigo e craque de futebol -
José Sebastião Pessoa Santos - mais conhecido carinhosamente como "Velho Cato" Ou ainda "Catú".

video
DESCOBRIMENTO DO BRASIL


1º) SER PRESO NA LIBERDADE.

2º) FUMAR NO CAMPO DA PÓLVORA.

3º) TOMAR BANHO DE MAR NO RIO VERMELHO.

4º) PASTOR EVANGÉLICO MORAR NA CAPELINHA DE SÃO CAETANO.

5º) ATRAVESSAR A RUA NA CALÇADA.

6º) MORAR NO URUGUAI E TRABALHAR EM ROMA.

7º) FALTAR ÁGUA NA CAIXA D'ÁGUA.

8º) ADULTO TOMAR BANHO NA ÁGUA DE MENINOS.

9º) CANDOMBLÉ NO TERREIRO DE JESUS.

video
CAPOEIRA - TERREIRO DE JEÚS
Salvador-Bahia


10º) HOMEM DO PAU-MIÚDO SE CASAR COM MULHER DA FAZENDA GRANDE.

11º) CONFUSÃO NA RUA DO SOSSEGO.

12º) BRIGAS NO BAIRRO DA PAZ.

13º) NÃO ENCONTRAR APOIO NA RUA D'AJUDA.

14º) JOVENS NA PRAÇA DOS VETERANOS.

15º) NÃO DAR ESMOLAS NA PRAÇA DA PIEDADE.
  
video
MORAES MOREIRA - 'TRIO  DA PRAÇA PIEDADE"


16º) CASAS VELHAS NA CIDADE NOVA.

17º) LAGOA DE ÁGUA DOCE DENTRO DE VILAS DO ATLÂNTICO.

video
VILAS DO ATLÃNTICO - LAURO DE FREITAS-BA.


18º) ACIDENTE AUTOMOBILÍSTICO NA BOA VIAGEM.

19º) ASFALTO NO CAMINHO DE AREIA.

20º) SER TORCEDOR DO BAHIA E MORAR NO CORREDOR DA VITÓRIA.

21º) LUZ NA MATA ESCURA.

22º) LER A TARDE TODOS OS DIAS PELA MANHÃ.

23º) MORAR NA SAÚDE E FICAR DOENTE.

24º) MORRER NA SEXTA E SER ENTERRADO NAS QUINTAS... DOS LÁZAROS.

"A MELHOR"

25º) UM CLUBE QUE NUNCA FOI CAMPEÃO BRASILEIRO COM O NOME DE: VITÓRIA

video
BAHIA 1x1 VITÓRIA - "COPA SÃO PAULO DE JÚNIORES"

AS MELHORES CANTORAS DO BRASIL - CARMÉLIA ALVES

CARMÉLIA ALVES:  Uma cantora versátil, canta sambas e baiões. Foi nomeada pelo imortal Luiz Lua
Gonzaga como "A Rainha do Baião" com músicas que fizeram sucesso na época - Cabeça Inchada, Deixei de Sofrer,  Dezessete e Setecentos, Sabiá na Gaiola etc.   

video
CARMÉLIA ALVES E LUIZ GONZAGA


Carmélia AlvesOrigem: (Wikipédia, a enciclopédia livre.Ir para: navegação, pesquisa)

Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade. (desde dezembro de 2009).

Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Google — notícias, livros, acadêmico — Scirus

Carmélia Alves

Informação geral

País Brasil

Carmélia Alves.Carmélia Alves Curvello (Rio de Janeiro, 14 de fevereiro de 1923) é uma cantora brasileira.

Nomeada por Luís Gonzaga a "Rainha do Baião", fez sucesso na década de 1950 com Sabiá na gaiola. Reconhecida no Brasil e na América Latina, vendeu milhares de cópias, o que obrigou a gravadora Continental de Buenos Aires a abrir outra filial para conter a venda tão grande. Ganhou todos os prêmios importantes da época, que estão expostos em um museu. Foi croone da boate do hotel Copacabana Palace e cantou sambas no estilo de Carmem Miranda. É integrante do grupo "Cantoras do Rádio", formado em 1988, ao lado das amigas Ellen, Violeta e Carminha. O grupo está apresentando o espetáculo "Estão voltando as flores". Atualmente ainda mora em sua cidade natal e comanda um programa na Rádio Nacional, onde começou sua carreira.

Maiores sucessos - Ordem cronológica

1943 - Deixei de Sofrer

1944 - Quem Dorme no Ponto é Chofer

1949 - Me Leva (com Ivon Curi)

1950 - Coração Magoado

1950 - Trepa no Coqueiro

1951 - Sabiá na Gaiola

1951 - Pé de Manacá (com o Trio Madrigal)

1951 - Esta Noite Serenou

1951 - Cabeça Inchada

1956 - Cevando o Amargo

Filmografia: 1952 - Tudo Azul


video
CARMÉLIA ALVES - FILME:  TUDO AZUL


1952 - Está com Tudo

1953 - Agulha no Palheiro

1954 - Carnaval em Caxias

1955 - Carnaval em Lá Maior

1955 - Trabalhou Bem, Genival

1956 - A Pensão de Dona Estela

Carmélia Alves 14/02/1923


Carioca filha de pais nordestinos, iniciou a carreira de cantora em programas radiofônicos de calouros, e conseguiu um contrato na Rádio Nacional em 1940. Seu repertório era composto basicamente de sambas e seu estilo procurava imitar o de Carmen Miranda. Trabalhou também como crooner de boates famosas como a do Copacabana Palace, e lançou discos que fizeram sucesso com músicas de carnaval, o que a levou a excursionar pelo Brasil. Em 1949 gravou "Me Leva" (H. Cordovil/ Rochinha), seu primeiro baião, estilo musical que ajudou a divulgar e que a faria famosa a ponto de receber o título de rainha do gênero das mãos do "rei", Luiz Gonzaga. Entre seus sucessos estão "Cabeça Inchada" (Hervê Cordovil), "Trepa no Coqueiro" (Ary Kerner) e "Coração Magoado" (Roberto Martins). Nos anos 60, gravou o LP "Bossa Nova", com clássicos do gênero. Prosseguiu gravando, se apresentando e participando de filmes, e gravou um LP ao vivo, ao lado de Luiz Gonzaga, em 1977. Em fins dos anos 80, passou a integrar o grupo As Eternas Cantoras do Rádio, ao lado de Nora Ney, Violeta Cavalcante, Rosita Gonzales, Ellen de Lima e Zezé Gonzaga. Em 98, saíram Rosita, Zezé e Nora, e entrou Ademilde Fonseca. Gravou três CDs com o grupo, e em fins de 1999 lançou "Carmélia Alves Abraça Jackson do Pandeiro e Gordurinha" (CPC-UMES).

video
CARMÉLIA ALVES E SALU MACIEL


Discografia

Discos de carreira

AS ETERNAS CANTORAS DO RÁDIO - ADEM ILDE FONSECA, CARMÉLIA ALVES, ELLEN DE LIMA E VIOLETA CAVALCANTE.

video
AS CANTORAS DO RÁDIO


Leblon Records - 2000

CARMÉLIA ALVES ABRAÇA JACKSON DO PANDEIRO E GORDURINHA

CPC-UMES - 1999

AO VIVO NO SEIS E MEIA - LUIZ GONZAGA & CARMÉLIA ALVES

RCA Pure Gold - 1977

RITMOS DO BRASIL COM CARMÉLIA ALVES

Premier - 1974
BOSSA NOVA COM CARMÉLIA ALVES

Mocambo - 1969

CARMÉLIA ALVES

Copacabana - 1969

Extras

AS ETERNAS CANTORAS DO RÁDIO - ADEMILDE FONSECA, CARMÉLIA ALVES, ELLEN DE LIMA, NORA NEY, ROSITA GONZALEZ, VIOLETA CAVALCANTI E  ZEZÉ GONZAGA
Fama/CID - 1991

Livro:  Carmélia Alves

video
CARMÉLIA ALVES - CINELÂNDIA-RIO - CARNAVAL-2009

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

BABA: QUINTA,24.02.2011 - 16ª EDIÇÃO "BONS SAMBAS"

LISTA DE PRESENÇA:  Cacau, Felipe, Osvaldo, Remo, Eugênio, Schubach. Otávio, Ernane, Bebeto, Catalá, Nelsinho, Caríoca, Ratinho, Maurício, Mauro, Clone, Renê, Kazuo, Serrinha, Alberto e Alexandre Delgado.

TIME DE OTÁVIO:  Otávio, Fausto (Clone),  Mauricio,  Schubach (Alberto), Cacau (Clone),  Ernane (Kazuo) e Remo.

TIME DE OSVALDO:  Osvaldo, Bebeto (Felipe), Ratinho,  Eugênio (Serrinha),  Nelsinho (Mauro), Catalá (Renê), Caríoca (Alexandre Delgado).

PLACAR DA PARTIDA:   Otávio 07x06 Osvaldo.

GOLS DO TIME DE OTÁVIO:   Fausto 03  -  Cacau 01  - Clone 01  - Kazuo 01  e  Remo 01

GOLS DO TIME DE OSVALDO:   Alexandre 02  -  Felipe  02  -  Mauro 01  e  Serrinha 01.

RESENHA DE HOJE:  Depois da goleada sofrida para Osvaldo na terça-feira passada, Otávio reabilitou-se e venceu a partida por 07x06. Estava vencendo de 5x0 e permitiu a reação inusitada do time vermelho de Osvaldo, que quase chega ao empate!. Otávio foi o vencedor de hoje e o Blog do Painho dedicou-lhe um fenomenal samba "Esperanças Perdidas" com os Originais do Samba - compositores: Adeilton Alves e Delcio Carvalho. Fausto foi o único jogador a fazer três gols na partida e a música preferida foi "Na cadência do samba - Que bonito é!" do compositor Luiz Bandeira.
     
                                               Otávio  07x06  Otávio
               Música dedida ao vencedor da partida: Luiz Otávio Souza Costa
video
ESPERANÇAS PERDIDAS - ORIGINAIS DO SAMBA

                                    Música dedicada ao goleador Fausto
video
NA CADÊNCIA DO SAMBA - QUE BONITO É
  

Na Cadência do Samba (Que bonito é):

Grupo Raça
Composição: Luiz Bandeira

Que bonito é
As bandeiras tremulando
Atorcida delirando
Vendo a rede balançar
Que bonito é
A mulata requebrando
Os tambores repicando
uma escola desfilar

Que bonito é
Pela noite enluarada
Numa trova apaixonada
Um cantor desabafar

Que bonito é
Gafieira salão nobre
Seja rico, seja pobre
Todo mundo a sambar

O samba é romance
O samba é fantasia
O samba é sentimento
O samba é alegria

Bate que vá batendo
A cadência boa que o samba tem
Bate que repicando
Pandeiro vai, tamborim tambem

ESPERANÇA-PB - TERRA NATAL DE JOSÉ ALBERTO DELGADO

TEMA DE HOJE:  - "A esperança é a última que morre".  Vocês sabem muito bem desse ditado popular,porem existe outra esperança que devemos conhecer! - A terra natal do nosso filiado do "Baba da Matina" e atleta da equipe do Veneno - José Alberto Delgado. Vocês vão encontrar a primeira definição e logo após o segundo significado da palavra esperança!.Este blog presta uma homenagem a todos os paraibanos, nas pessoas do Sr.Adalberto Delgado e sua esposa SrªCinira Oliveira Delgado-pais do nosso amigo José Alberto Delgado.Nada mais justo que saudar esse casal, dedicando-lhe a música "Sebastiana"  reverenciando um seu conterrâneo: o famoso cantador de coco e embolada: Jackson do Pandeiro. (Nasc.em Alagoa Grande-PB. em 31.08.1919 e faleceu em Brasília no dia 10.07.1982)  E para ratificar a amizade dos baianos aos paraibanos o Blog do Painho,   oferece a música    "De Volta pro meu Aconchego"  com Dominguinhos e Elba Ramalho   (Elba Maria Nunes Ramalho, nasc. em Conceiçao de Piancó-PB. em 17.08.1951)

Música dedicada ao casal: Adalberto e Cinira
video
JACKSON DO PANDEIRO - "SEBASTIANA"

                                              Música dedicada aos paraibanos
pelo Blog do Painho
video
DOMINGUINHOS E ELBA RAMALHO
Música: "De volta por meu aconchego"


01-Significado de Esperança:


s.f. Expectativa de um bem que se deseja: a esperança é grande consoladora.
Objeto dessa espera: aí está toda a minha esperança.
Uma das três virtudes teologais.
Bras. Inseto ortóptero da família dos locústidas.
Estar de esperanças, achar-se grávida (a



02- Significado de ESPERANÇA-PARAÍBA:

Município de Esperança.
Praça da Cultura
"Lírio verde da Borborema"
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 1 de dezembro
Fundação 1925

Gentílico esperancense
Lema
Prefeito(a) Nobson Pedro de Almeida ("Nobinho") (PTB)
(2009–2012)

Localização:

Localização de Esperança na Paraíba

Localização de Esperança no Brasil

07° 01' 22" S 35° 51' 36" O07° 01' 22" S 35° 51' 36" O

Unidade federativa Paraíba:

Mesorregião Agreste Paraibano IBGE/2008[1]
Microrregião Esperança IBGE/2008[1] Região metropolitana Campina Grande
Municípios limítrofes Algodão de Jandaíra, Remígio, Montadas, Areial, Alagoa Nova, São Sebastião de Lagoa de Roça e Pocinhos.
Distância até a capital Não disponível

Características geográficas:

Área 165,189 km² [2]
População 31 095 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 188,24 hab./km²
Clima tropical As
Fuso horário UTC−3

Indicadores:

IDH 0,632
médio PNUD/2000[4]
PIB R$ 194 511,081 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 6 350,55 IBGE/2008[5]

Esperança é um município no estado da Paraíba, Brasil. Com 31.095 habitantes, segundo o CENSO 2010. Pertence à microrregião de mesmo nome, e da Região Metropolitana de Campina Grande. Sua extensão territorial é de 146,2 km². Portanto, sua densidade demográfica é de aproximadamente 212,6 hab/km².

Suas coordenadas geográficas são 07°01'59" sul de 35°51'26" oeste de Greenwich (07° 02' S 35° 51' O). Limita-se ao norte com Remígio, ao sul com o municipio de Montadas e Areial, ao leste com Alagoa Nova e São Sebastião de Lagoa de Roça, e ao oeste com Pocinhos. De acordo com o mapa dos limites territoriais do IBGE, na região de Manguape, as fronteiras entre Esperança, Montadas e Lagoa de Roça também inclui Lagoa Seca, entre as duas últimas.

Índice:
1 História
2 Geografia
3 Referências
4 Ligações externas

História. Os moradores nativos do território que atualmente constitui o município foram os índios Cariris, da tribo Banabuyê. Apesar da resistência, os portugueses conseguiram expulsá-los. O primeiro colono que tomou posse das terras de Esperança foi o português Marinheiro Barbosa. Sua casa foi construída perto de um reservatório de água (Tanque do Araçá), cuja localidade é hoje conhecida como "Beleza dos Campos", hoje oficialmente bairro.

Possivelmente Marinheiro Barbosa abandonou suas terras. Anos depois chegaram três irmãos, também portugueses: Antônio, Laureano e Francisco Diniz, cujas casas ficavam onde atualmente é a Avenida Manoel Rodrigues, a principal da cidade.

O primeiro nome do povoado foi Banabuyê, por conta da tribo Cariri, da sesmaria datada em 1713 e do nome da fazenda surgida em 1860. Ano em que foi construída a primeira capela, em cujo lugar atualmente se situa a igreja Matriz, pelo primeiro missionário católico a instalar-se na região, o Frei Venâncio. Há uma hipótese de que a construção da capela foi financiada por uma senhora, como voto para eliminar um surto de cólera-morbo. A igreja atual é a ampliação da antiga capela.

Outro nome que a cidade recebeu foi Boa Esperança, em 1872. Em 1908, foi criada a freguesia de Esperança.

Esperança foi emancipada em 1º de dezembro de 1925, desmembrando-se de Alagoa Nova. O primeiro prefeito, por nomeação, foi o senhor Manoel Rodrigues de Oliveira. Teotônio Thertuliano da Costa foi o seu vice-prefeito.

Dois antigos distritos do município se emanciparam politicamente: Areial (em 1961) e Montadas (em 1967). Atualmente, além da sede, Esperança é composta pelos distritos de Massabielle, São Miguel e Pintado, sendo esse último elevado a essa categoria através da Lei Municipal nº 1.271/2008, de 20 de maio de 2008.

Geografia: O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005 Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.

Referência:  A Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
2.↑ IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
3.↑ Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
4.↑ Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
5.↑ a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
6.↑ Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro.

Ligações externas: Página da prefeitura

Federação dos Municípios da Paraíba
Dados municipais e mapa de alta resolução em PDF

video
HINO DE ESPERANÇA - PARAÍBA-BR.

video
ESPERANÇA-PB - ARTESANATO

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

BABA DE TERÇA 22.02.2011 - 15ª EDIÇÃO- "CARNAVAL"

TEMA DO DIA:  CARNAVAL-  O carnaval está se aproximando!. Nossa  solidariedade  às três escolas de samba do Rio de Janeiro; que foram prejudicadas pelo recente incêndio que atingiu a "Cidade do Samba"
São elas: Grande Rio, Portela e Unidos da Tijuca. Na Bahia, os soteropolitanos e os turistas já começaram   a receber seus abadás para reverenciar o Rei Momo. Todos os blocos têm seu  fã-clube:  As Muquiranas, Babado Novo, Banda Eva, Banda Cheiro de Amor, Chiclete com Banana, É o Tchan, Filhos de Gandhy Ilê Aiyê, Olodum, Psirico e tantos outros. Nada mais justo que este Blog e todos seus leitores de qualquer parte do Brasil e quiçás do mundo, prestarmos homenagem às escolas que foram prejudicadas pelo incêndio em 2011, relembrando seus desfiles em 2010:  Grande Rio, Portela e União da Ilha.

  video
GRANDE RIO -VICE CAMPEÃ DO CARNAVAL-2010

video
PORTELA - CARNAVAL-2010 

video
UNIÃO DA ILHA - CARNAVAL DE 2010




BABA DA MATINA: TERÇA-FEIRA 22.02.2011 - 15ª EDIÇÃO.

ORDEM DE CHEGADA: Schubach, Remo, Eugênio, Bebeto, Osvaldo, Fausto, Ernane, Alberto, Otávio, Serrinha, Nelsinho, Ratinho, Cacau, Toinho, Mauro, Catalá, Caríoca, Maurício, Clone, Renê, Kazuo, Felipe,Painho, Pains, Bartolinha e Alexandre Delgado.

TIME DE OSVALDO: Osvaldo, Fausto (Alex.Delgado), Alberto (Kazuo), Bebeto (Mauricio), Nelsinho (Renê), Schubach (Clone), e Mauro (Remo).

TIME DE OTÁVIO: Otávio, Serrinha (Felipe), Ratinho, Eugênio (Pains), Cacau (Bartolinha), Toinho (Caríoca) e Ernane (Catalá).

PLACAR DA PARTIDA: Osvaldo 14x06 Otávio.

GOLS DO TIME DE OSVALDO: Clone 04 - Mauro 03 - Osvaldo 03 - Alex.Delgado 01 - Fausto 01, Nelsinho 01 e Remo 01.

GOLS DO TIME DE OTÁVIO: Otávio 03 - Caríoca 01 - Catalá 01 - Felipe 01

RESENHA FINAL: Em todas as disputas entre o Pato Navegador (Osvaldo) e o Pato Remador (Otávio)
não se tem registro de nenhuma goleada histórica com esta de hoje!: Osvaldo 14x06 Otávio. A equipe azul além de vencer a partida, ainda deu três artilheiros para a seleção de 2011. No Blog do Painho o vencedor também tem direito a escolher sua música e Osvaldo pediu:"Os verdes campos do lugar" com Agnaldo Timoteo.Clone foi o goleador da partida com 04 gols, seguido de Mauro com 03 e Osvaldo com 03, pelo vencedor. Todos pediram as músicas prediletas ao Blog do Painho :  1-Clone pediu a música"Banho de Cheiro"com ElbaRamalho.2-Mauro pediu a musica:"Vou sim, quero sim"com Reginho 3-Osvaldo pediu a música:"Abre a Porteira"com Jair Rodrigues e Pelé.4-Já Otávio que perdeu a partida,mas fez 03 gols, pediu uma música orquestrada "Bolero de Ravel" de Maurice Ravel.


                                              Osvaldo  14x06  Otávio
                   Música dedicada ao vencer Osvaldo da Silva Mattos Filho
video
AGNALDO TIMOTEO "OS VERDES CAMPOS DO LUGAR"

                         Música dedicada ao goleador José Elidio Oliveira 
video
ELBA RAMALHO - "BANHO DE CHEIRO"

               Música dedicado ao goleador Mauro Eduardo Pestana de Castro
video
REJINHO E BANDA SURPRESA - "VOU SIM, QUERO SIM'

                         Música dedicada ao goleador Osvaldo da S.M.Filho
video
JAIR RODRIGUES E PELÉ - "ABRE A PORTEIRA"

                      Música dedicada ao goleador Luiz Otávio Souza Costa
                           video
                                                  BOLERO DE RAVEL